Febre interna: o que pode ser ?

remove_red_eye 127

Em caso de ‘febre interna’ o sujeito sente o corpo bastante quente porém o termômetro não revela essa elevação da temperatura. O mais comum é a pessoa ter os mesmos sinais que apresenta no caso de uma febre real, como mal-estar, calafrios e transpiração frio, porém o termômetro continua nos 36 a 37ºC, o que não indica febre.

Embora o sujeito se queixar de que sente o corpo bastante quente, na realidade, a ‘febre interna’ não há, sendo apenas uma maneira popular da indivíduo apresentar que apresenta os mesmos sinais que estão existentes numa febre comum, porém sem que a elevação da temperatura possa ser sentida na palma da mão, nem sequer comprovada pelo termômetro.

Sinais comuns da febre

Numa febre comum, além da elevação da temperatura para acima de 37,5ºC, é comum surgirem sinais como:

  • Impressão de calor;
  • Suor frio;
  • Calafrios ou arrepios no decorrer do dia;
  • Mal-estar;
  • Dor de cabeça;
  • Canseira;
  • Falta de energia.

Entretanto, no caso da febre interna, apesar de todos estes sinais estarem existentes, não há uma elevação da temperatura que seja medida.

O que é febre ?

A febre é uma comportamento do corpo para combater microorganismos nocivos, sendo um comportamento natural em caso de contaminação causada por vírus, fungos, bactérias ou parasitas. A febre apenas é de fato danoso no momento em que encontra-se acima de 40 ºC, o que pode ocorrer com rapidez, especialmente nos bebês e nas crianças, e provocar convulsões.

A febre baixa de até 38 ºC, é considerada uma febrícula, uma elevação da temperatura, ou apenas um estado febril, não sendo bastante grave, indicando somente que é necessário ficar alerta e levar o excesso de roupa para tentar resfriar o corpo para a temperatura comum de 36 º C. Já a febre acima de 38,5 ºC pode aconselhar a necessidade de beber um remédio para diminuir a febre, além de mais técnicas naturais para regulamentar a temperatura do corpo.

O ‘termostato’ que controla a temperatura do corpo é o hipotálamo, que é bastante sensível a qualquer alteração da temperatura. Ele faz o corpo criar mais calor, que é dissipado para o meio, através da pele, por causa disso sempre que há uma certa elevação da temperatura, o termômetro é capaz de apontar. Desta maneira, pode-se entrar na conclusão que a febre interna não existe.

O que realizar em caso de ‘febre interna’

No momento em que a pessoa acha que está com uma ‘febre interna’ precisa tomar um bom banho morno e deitar para descansar. Várias vezes a razão dessa impressão de febre é o estresse e as crises de impaciência, que são capazes de similarmente provocar tremedeira por todo corpo.

Apenas é recomendado ingerir um medicamento para diminuir a febre, como Paracetamol ou Ibuprofeno, sob indicação médica e no momento em que o indicação registra, no mínimo, 38,5 ºC. Como no caso da febre interna, o indicação não amostra essa temperatura, não se precisa ingerir nenhum medicamento para experimentar combater uma febre que não há.

Se houver constância dos sinais deve-se ir ao médico para realizar exames para achar o que pode estar acontecendo. Além do exame de sangue, e de urina, o médico similarmente conseguirá pedir raio-X de tórax, tendo como exemplo para afirmar se há qualquer alteração pulmonar que possa estar causado essa percepção de febre.

O que pode provocar febre interna

Os motivos emocionais, como stress e crise de impaciência, e a ovulação da mulher ao longo do tempo fértil são os principais motivos de febre interna. Entretanto, a indivíduo similarmente pode achar que está com febre após realizar treinos ou qualquer forma de esforço físico, como transportar bolsas pesadas ou acumular um acesso de escadas.

No início de uma gripe ou resfriado, o mal-estar, canseira e percepção de peso no corpo são frequentes, e por vezes, as pessoas se referem a impressão de febre interna. Nesse caso, ingerir um medicamento caseiro, como o chá de gengibre , bem quentinho, pode ser uma ótima maneira de se sentir melhor.

Em que momento ir ao médico

É sugerido buscar ajuda médica, no momento em que além da sensação da febre interna, entregar mais sinais tais como:

  • espirros, tosse;
  • vômito, diarreia;
  • feridas na boca;
  • rápida elevação da temperatura para acima de 39 ºC;
  • sangramento pelo nariz, ânus ou vagina, sem nenhuma explicação ostensível.

Nesse caso é fundamental dizer ao médico todos os sinais que apresenta, no momento em que eles surgiram, se mudou alguma coisa na refeição ou se esteve em outro país, tendo como exemplo.

Com essas informações o médico conseguirá cismar de qualquer enfermidade e pedir exames, caso ache preciso, indicando o tratamento mais recomendado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Aviso

Utilize a calculadora de IMC para visualizar sua situação e também verificar se está com o peso ideal para a sua altura.

 

Segundo a OMS, o índice normal é entre 18.5 e 24.9. Consulte a tabela ao lado para ver os demais índices.

 

Quer ver dicas sobre como ter uma alimentação saudável e gastar pouco? Clique aqui.